O caminho para o topo está traçado, não erre !

Há duas formas para se buscar ajuda com o direito empresarial preventivo. Uma é pela dor, como acontece com 90% dos empresários e empreendedores, que preferem uma gestão sem visão no futuro, que acreditam que vale a pena submeter suas empresas aos riscos conhecidos e prováveis de uma gestão, sem dizer dos desconhecidos. Estes são aqueles que imaginam que nunca acontecera com ele. A outra forma de se buscar ajuda do direito preventivo é com a visão de uma gestão focada na prevenção. Este gestor deseja uma gestão de prazer, prazer de afastar a dor!!

Esta é a problemática existente na cabeça da maioria dos empreendedores hoje e há décadas. O ponto crucial é que vivemos em um momento onde não há mais espaço para amadores, para despreparados e desinformados. A informação já foi considerada um dia como fonte de poder e hoje o poder está nas mãos dos que conseguem filtrar os milhões de informações que são disponibilizamos por todos os meios existentes, que tornam tudo mais rápido a ponto de que a informação deixa de ser importante em minutos. Imagine está relação com a complexidade de fazer gestão com sua empresa em um mercado cada vez mais competitivo e veloz.

Agora traga para esta relação todo o cenário de existência com as leis trabalhistas, tributárias, convênios e com a segurança jurídica necessária para as relações comerciais de sua empresa. Quem estará preparado ? Fala-se preventivamente em algumas poucas empresas em planejamento estratégico, mas mesmo nestas algumas questões que compõem a segurança jurídica são deixados ao lado e colocam todo o plano em risco. O foco é lucratividade é produtividade. Perfeito, então é preciso responder: menus contratos podem ser submetidos à clientes mais exigentes hoje ? Sinto-me seguro e confortável como foram redigidos méis contratos para as relações comerciais ? Sinto-me seguro ao assinar contratos de prestadores de serviços, fornecedores e com instituições financeiras?

Se a resposta for negativa para alguma destas questões, o planejamento estratégico está em risco alto.
A solução para estas questões já fora um dia muito complicada e cara, mas hoje, por meio de uma solução desenvolvida graças a vivência e maturidade junto a pequenas e médias empresas e suas reais dificuldades, foi possível criar o JURIDICO AQUI. Não fosse em comum apenas poder se apresentar como uma forma de ser o jurídico da empresa, a inovação está justamente em uma relação que nunca fora explorada pelos profissionais advogados e seus clientes. Foco na prevenção. A prevenção torna tudo viável, a começar pelos custos deste serviço, pois não está incluso honorários que visam a possibilidade do cliente ter ações judiciais, até porque a função deste serviço é justamente afastar estes riscos e se por acaso um dia acontecer, poderá ser discutido e cobrado isoladamente.

Mas o que torna este serviço inédito e exclusivo é a implantação de uma rotina entre os departamentos da empresa e seus gestores, permitindo que todo e qualquer documento ou contrato só sejam assinados após criteriosa análise e aprovação da equipe jurídica da ASCR Advogados. Instituí-se com isto, permanentemente o direito preventivo no dia a dia da gestão da empresa, que em pouco tempo absorve uma cultura que a transforma e a leva ao topo. É no topo que estão aqueles que com visão no futuro souberam ter ganhos com um juridico preventivo ao lado, aproveitando-se das melhores decisões, evitando prejuízos, pagando menos impostos legalmente e obtendo maior produtividade com relações mais seguras.

O JURIDICO AQUI inova nesta relação com empresas e torna acessível os custos para qualquer pequeno ou médio empresário ter ao seu lado um verdadeiro departamento jurídico. Neste próximo dia 19 de fevereiro você está convidado à assistir nossa apresentação sobre este tema no BNI ATITUDE, as 7 horas, no Wall Street Flat Paulista – Rua Itapeva, 636. Ficaremos honrados com sua visita. Sucesso !!

Close Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *